É tanta coisa para cuidar, a gestação toda planejando cada detalhe, os pré-natais, vem então o parto com todas as peculiaridades, os primeiros cuidados com o bebê, as trocas repetidas de fralda, a introdução alimentar, os desafios de cólicas e viroses, as noites muitas vezes em claro. E a gente vai dando conta. E novos desafios vão chegando. E vamos desfiando os mistérios aos poucos. E nos deliciando com as surpresas de uma vida se desabrochando sob o nosso olhar.

E muitas dessas novidades são acompanhadas, por tantas vezes, da euforia de toda a família. É o caso do primeiro dentinho!  Fotos, registros, telefonemas, vamos contar para a vovó e também para a madrinha! Mas ao lado da euforia, também surgem as incertezas: como cuidar de algo tão delicado, como manter saudável o dentinho de meu bebê? Será que doeu para nascer? Devo passar algum medicamento? 

Nós vamos falar Na pracinha, nos próximos posts, sobre as dúvidas mais comuns entre os pais. Mas já vamos lembrar que:

:: O dente de leite tem que ser higienizado desde o nascimento;
:: A má higienização e a alimentação inadequada pode levar à cárie precoce da infância;
:: Alguns dentinhos nascem com predisposição à cárie, com o esmalte não bem formado, por isso a importância da criança passar o quanto antes por um exame clínico de especialista e receber os cuidados e orientações pertinentes;
:: Hoje o uso da pasta de dente com flúor, na concentração adequada e em quantidade mínima, é indicado desde o primeiro dentinho e é comprovadamente um aliado para a prevenção da cárie dentária;
:: A dentição de leite se completa com vinte dentinhos, entre os dois e três anos de idade. 

E é assim, gente. O primeiro dentinho vai precisar sim de ser higienizado. Adquira uma escova infantil de cabeça pequena e cerdas bem macias, passe pouca pasta de dente e pronto: vamos apreciar essa novidade, deliciar-nos com o sorriso do bebê, e cuidar de manter tudo bem limpinho! 

Falaremos de cada detalhe nos próximos posts! Até lá!

Publicação escrita por Mônica Barreto Pereira e originalmente publicada no www.napracinha.com.br em 10/04/2018

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*